Empreendimentos

Prefeitura oferece áreas para moradias populares

Terrenos localizados nos bairros Fragata e Três Vendas podem receber, cada, até mil unidades habitacionais

12 de Julho de 2017 - 08h29 Corrigir A + A -

Por: Maria da Graça Marques
graca@diariopopular.com.br 

Duas primeiras áreas - uma no Parque Farroupilha, paralela à avenida João Goulart, no Fragata, e outra na avenida Leopoldo Brod, nas Três Vendas - foram oferecidas pela prefeitura de Pelotas para a construção de moradias populares através da faixa 1 do Programa Minha Casa, Minha Vida.  

Segundo o presidente do Sinduscon, Fabiano de Marco, esta foi a primeira vez que o Executivo ofereceu áreas, mediante doação, para que os construtores executem seus projetos, o que fez o segmento lançar um novo olhar sobre este tipo de moradia, que é considerada de baixa lucratividade. Um construtor já manifestou interesse neste tipo de empreendimento, a partir de uma experiência fora de Pelotas para esta mesma faixa 1 do Minha Casa, Minha Vida.

Cada uma destas áreas poderá receber mil unidades habitacionais e infraestrutura completa, segundo Morales. “Estamos convictos de que são áreas muito bem localizadas”, disse o secretário, na expectativa de que as construtoras “equacionem os recursos enxutos liberados para este tipo de programa.

Com a presença de secretários e representantes de quatro secretarias municipais e de número expressivo de construtores, a reunião-almoço teve a confirmação de investimentos de mais de R$ 150 milhões para requalificação dos bairros Pestano e Getúlio Vargas e da zona rural de Pelotas - obras de pavimentação, drenagemn, esgoto, iluminação, praças, centros comunitários e pontes, com recursos do Fundo para o Desenvolvimento dos Países da Bacia do Prata (Fonplata).


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados