Ajuda

Em ação, o Ingresso Compartilhado

Sócia do Xavante realiza projeto para busca de recursos e levar torcedores ao Bento Freitas

13 de Julho de 2017 - 14h27 Corrigir A + A -

Por: Sérgio Cabral
cabral@diariopopular.com.br 

Janaína dos Santos Motta, sócia do Grêmio Esportivo Brasil, teve uma nova ideia para levar torcedores ao estádio. Aqueles que não têm condições financeiras. Desde o Gauchão o projeto já existe. Agora, porém, mudaram os critérios para adquirir o Ingresso Compartilhado.

“Nossa ideia é simples, apenas queremos ver a Baixada tomada pela sua essência. A ideia é ser um movimento para levar para a Baixada aquele torcedor que ajudou a construir a história do Grêmio Esportivo Brasil, mas que os valores atuais do futebol afastaram do estádio.”

A inspiração da ação é resultado do Café Suspenso ou Café Compartilhado, em que ao comprar um café a pessoa deixa outro pago para um desconhecido. “Deixar um outro ingresso pago pode ser pesado para a maioria dos torcedores xavantes, mas se cada um der um pouco, vários xavantes poderão retornar à Baixada”, argumenta a colaboradora.

A ação não tem a intenção de julgar se os valores cobrados são adequados, o único objetivo é ver a essência da torcida xavante presente nas arquibancadas. Pensando em promover o Ingresso Compartilhado - Xavante foi criada uma fanpage no Facebook, com o mesmo nome da ação, e o objetivo é que a torcida possa sugerir nomes de pessoas que não vão ao estádio por não terem condições de adquirir o ingresso - além de juntar o dinheiro necessário para a compra.

Começo no Gauchão
A ideia tornou-se pública nesta semana, mas desde março um grupo de torcedores, liderado por Janaína, já levou 12 torcedores em três jogos. Nesta sexta, contra o Figueirense, o grupo pretende aumentar este número. As contribuições financeiras e os ingressos podem ser deixados na Tribo Xavante e as sugestões de torcedores para serem beneficiados devem ser enviadas para a página do Facebook. “É uma ação da torcida para a torcida”, disse a torcedora.

Como participar
Para ajudar com qualquer quantia de dinheiro (ou de ingresso) é só chamar Janaína. “Me chama, manda mensagem para a página ou deixa na Tribo Xavante. Quem contar a história de alguém que merece voltar ao estádio, vai”, destacou. O telefone é 98115-2736.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados