Série A

Dá Grêmio na Ilha do Urubu

Tricolor quebrou a invencibilidade que o Flamengo tinha em seus domínios ao vencer por 1 a 0, gol de Luan

13 de Julho de 2017 - 21h59 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Luan e Artur cercam Diego, com a bola, na partida da noite desta quinta-feira, na Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro, pela 13ª rodada do Brasileirão; Grêmio venceu por 1 a 0, gol de Luan (Foto: Divulgação - DP)

Luan e Artur cercam Diego, com a bola, na partida da noite desta quinta-feira, na Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro, pela 13ª rodada do Brasileirão; Grêmio venceu por 1 a 0, gol de Luan (Foto: Divulgação - DP)

O Grêmio se recuperou sobre o Flamengo da inesperada derrota de domingo (9) para o Avaí na Arena em Porto Alegre. Na noite de ontem, no caldeirão da Ilha do Urubu, no Rio, o Tricolor gaúcho superou o Rubro-Negro carioca pelo placar de 1 a 0. O gol foi marcado ainda na etapa inicial através de Luan.

Com a vitória, o time de Renato Portaluppi retoma a vice-liderança do Brasileirão com 25 pontos - dez a menos que o Corinthians. O Flamengo, com 23, cai para quarto, mesmo número de pontos do Santos, mas em desvantagem nos critérios de desempate. Na próxima rodada, a 14ª, o Grêmio recebe a Ponte Preta, na Arena. O Mengão vai a Belo Horizonte encarar o Cruzeiro. Os dois jogos serão realizados no domingo.

O jogo
Duas das melhores equipes da atual temporada no futebol brasileiro fizeram o que delas se esperava em um confronto direto: jogo difícil, disputado e equilibrado. Em casa, e com apoio do torcedor que mais uma vez esteve em grande número na Ilha do Urubu, o time do técnico Zé Ricardo teve mais ímpeto nos minutos iniciais. Aos dois chegou pela primeira vez, com Trauco finalizando sobre a meta de Leo, que ontem substituiu mais uma vez o titular Marcelo Grohe.

O Grêmio respondeu com Ramiro, aos 15, em chute de longe que parou nas mãos de Thiago. Aos 25, no entanto, depois de uma tentativa dos donos da casa numa finalização de Márcio Araújo, o jovem goleiro do time carioca não teve condições de evitar o gol da equipe gaúcha. Na intermediária, Luan passou por Márcio Araújo e Cuéllar para acionar Barrios. A bola rebateu na zaga e voltou para o camisa 7 do Grêmio chutar rasteiro, dentro da grande área, e fazer 1 a 0.

O Flamengo quase empatou aos 30. Leandro Damião cruzou na área, Kannemann cortou mal e, na sobra, Éverton Ribeiro concluiu rasteiro com força, para boa defesa de Léo. O time da casa teve outra boa chance aos 42, com Cuellar obrigando o goleiro do Grêmio a espalmar para escanteio.

Precisando igualar o marcador, o Flamengo voltou para o segundo tempo disposto a ficar com a bola para criar oportunidades. Aos 10, em escanteio, Rafael Vaz cabeceou pro chão e Léo fez grande defesa. Já o Grêmio deixou de ampliar e praticamente matar a partida em contra-ataque desperdiçado por Luan que acabou nas mãos de Thiago.

O Tricolor não fez e quase levou. Léo se atrapalhou ao repor a bola em jogo e, no chutão, a bola bateu nas costas de Damião, encobriu o goleiro gremista e saiu pela linha de fundo passando muito perto do travessão. Nada mais que um susto. A vitória no Rio de Janeiro, além de tirar a invencibilidade que o Flamengo exibia neste Brasileirão dentro dos seus domínios, interrompeu sequência de três derrotas seguidas do time de Renato Portaluppi na competição nacional.

Completaram a 13ª rodada do Brasileirão na noite desta quinta os seguintes jogos:
São Paulo 2x2 Atlético Goianiense
Sport 3x0 Chapecoense
Avaí 1x4 Coritiba

 

 

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados