Saúde na UTI

Clínicos da Traumatologia da Santa Casa de Pelotas rescindem contratos neste sábado

Salários estariam atrasados desde fevereiro, de acordo com sindicato da categoria

14 de Julho de 2017 - 23h11 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Os clínicos do serviço de Pronto Atendimento de Traumatologia da Santa Casa de Pelotas deixarão de prestar serviços na instituição a partir deste sábado (15). A informação é da assessoria de imprensa do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers).

De acordo com a nota enviada ao Diário Popular,  os contratos serão rescindidos por falta de pagamento. Os profissionais estão sem receber as remunerações desde fevereiro deste ano e decidiram, em reunião com a direção do Simers há um mês, notificar a administração do hospital..

Os médicos optaram pela notificação diante da falta de perspectiva imediata de pagamento dos atrasados. Segundo o Sindicato, o hospital alegou que só poderia quitar parte da dívida a partir de outubro.

As notificações extrajudiciais deram prazo de 30 dias para a quitação dos valores. Durante o período, segundo o Simers, os médicos atenderam normalmente até o final do prazo, que se encerrou nesta sexta-feira.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados