Tempo

Frio extremo está a caminho

Depois de temperaturas próximas dos 30ºC, até neve pode aparecer na Zona Sul, prevê a Metsul

15 de Julho de 2017 - 07h07 0 comentário(s) Corrigir A + A -
População terá de voltar a recorrer a agasalhos a partir deste domingo na Zona Sul do Estado (Foto: Infocenter DP)

População terá de voltar a recorrer a agasalhos a partir deste domingo na Zona Sul do Estado (Foto: Infocenter DP)

Vestimentas mais pesadas voltarão a ser vistas nas ruas de Pelotas.

Depois deste fim de semana, com termômetros próximos de 28ºC ainda neste sábado (15), as mínimas devem cair para -1ºC entre terça e quarta-feira. Há, inclusive, chance de nevar em cidades mais altas, como Canguçu, Pinheiro Machado e Morro Redondo. Massa de ar polar que está provocando frio intenso na Argentina e no Chile se aproxima da região, fazendo com que as temperaturas despenquem. As informações são da meteorologista Estael Sias, da Metsul Meteorologia.

Na tarde deste sábado a temperatura máxima chega a 28ºC em Pelotas. Já no domingo, os termômetros marcam 9ºC no início do dia e não passam de 12ºC à tarde. A segunda-feira se inicia mais gelada ainda, com mínima de 2ºC. O frio deve atingir seu auge às 6h de terça-feira, quando a temperatura deve chegar a -1ºC, marca que também deve ser alcançada na quarta-feira. A partir de quinta, as mínimas devem ficar em torno de 5ºC.

Ventos fortes causados pela mudança brusca no tempo podem gerar estragos, alerta Estael. Sobre a precipitação, a meteorologista tranquiliza: não há risco de enchentes. “Teremos chuva entre domingo e segunda, mas sem grandes volumes acumulados.” Há, também, possibilidade de nevar nas regiões mais altas da Zona Sul nesta segunda-feira devido ao frio associado à chuva.

Em relação à agricultura, a produção de frutas e trigo será beneficiada, já que precisam do frio para se desenvolverem. Porém, as geadas fortes previstas para a terça e quarta-feira preocupam e podem trazer riscos também ao hortifrutigranjeiro, de acordo com Estael.

A saúde também é um fator preocupante nesses períodos. O médico Valdecir Lima diz que a oscilação da temperatura traz, principalmente, doenças virais, como gripes e resfriados, e bacterianas, como pneumonia. Para evitá-las, aconselha a ingestão de líquidos, além do consumo de frutas e verduras - alimentos que reforçam o sistema imunológico.

O médico ressalta que idosos e crianças devem receber atenção redobrada. Exercício físico também ajuda a espantar o frio e a melhorar a circulação sanguínea, diminuindo os riscos de infarto e acidente vascular cerebral (AVC).


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados