Futebol internacional

Largada na Europa

Real Madrid e Manchester United duelam pela Supercopa da Uefa e abrem temporada 2017/18

08 de Agosto de 2017 - 10h12 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Embate. Zidane e Mourinho frente a frente na Macedônia (Foto: Divulgação - DP)

Embate. Zidane e Mourinho frente a frente na Macedônia (Foto: Divulgação - DP)

O Real Madrid de Zinedine Zidade, atual vencedor da Champions League, enfrenta o Manchester United de José Mourinho pelo título da Supercopa da Uefa. A partida será em Skopje na Macedônia e a bola rola às 15h45min.

Esta é a sexta vez que o Real disputará o título. A equipe espanhola venceu três vezes e perdeu outras duas. Já o Manchester tem duas derrotas e uma vitória. A grande icógnita é se Cristiano Ronaldo estará em campo. O jogador se recupera de uma lesão, mas viajou e concentrou com o grupo. É provável que entre em campo, mas não como titular.

Interesse
O técnico do Manchester United, o português José Mourinho, demonstrou interesse na contratação do atacante Gareth Bale, do Real Madrid, durante entrevista coletiva ontem. O treinador do time inglês deu a entender que a ausência do galês - possível substituto do português Cristiano Ronaldo, que pode iniciar a partida no banco de reservas - no clássico pode ser um indicativo sobre o futuro de Gareth Bale. “Se ele jogar amanhã (hoje), então é a confirmação que está nos planos do clube porque ele também teria motivação para continuar no Real Madrid. Mas se ele não estiver nos planos, estarei esperando do outro lado e vou lutar com outros treinadores para também tentar buscá-lo”, disse José Mourinho.

Já o técnico do Real Madrid, o francês Zinedine Zidane, classificou as palavras do colega como “gasolina” para esquentar a rivalidade. O treinador do time merengue destacou que os seus jogadores estão concentrados e que nada vai distraí-los. “O jogador (Bale) está bem, teve muita continuidade na pré-temporada, treinando com os outros e isso é o mais importante. O fim da temporada não foi fácil para ele, esteve quatro meses fora da equipe e o vejo bem. O que me interessa não é o que Mourinho disse, é o que nós vamos fazer amanhã (hoje). Mourinho vai fazer a equipe dele amanhã e eu a minha. Até agora, a (situação) de Cristiano é igual à de Bale, cada um pode jogar um pouco, mas não vai mudar nada”, afirmou Zidane.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados