Futuro

Festival conscientiza crianças sobre o trânsito

Projeto da PRF será realizado ao longo de quatro meses com alunos do Colégio Municipal Pelotense

10 de Agosto de 2017 - 22h53 Corrigir A + A -
Chefe da 7ª Delegacia da PRF, José Dourado, durante conversa com as crianças do CMP (Foto: Jô Folha - DP)

Chefe da 7ª Delegacia da PRF, José Dourado, durante conversa com as crianças do CMP (Foto: Jô Folha - DP)

Foi lançado na tarde desta quinta-feira (10) o Festival Estudantil Temático de Trânsito (Fetran). A solenidade reuniu autoridades do município, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), idealizadora da ação, e do Colégio Municipal Pelotense (CMP), sede do encontro. O projeto, que tem o objetivo de formar cidadãos mais conscientes no trânsito, segue até dezembro e é voltado a alunos do 1º ao 5º ano do CMP.

Os professores responsáveis pelas turmas participantes foram capacitados através de um site lançado pela PRF. Para instruir ainda mais os educadores, um seminário está previsto para os próximos dias. De acordo com a coordenadora pedagógica do Pelotense, Magda Almeida, todos os professores que ministram aulas para turmas do Ensino Fundamental I (1º ao 5º ano) têm acesso ao material disponibilizado pelos organizadores do Fetran. Ela explica que as atividades relacionadas ao trânsito serão agregadas às disciplinas já ministradas em sala de aula. Com isso, espera que as crianças passem o conhecimento adquirido aos responsáveis e mudem, também, a postura dos adultos.

José Dourado, chefe da 7ª Delegacia da PRF, lembra que o trânsito não é composto apenas por carros. Também inclui pedestres, ciclistas, charretes, veículos pequenos e grandes. Portanto, as ações do projeto serão voltadas a todas as unidades que compõem o tráfego. As atividades serão realizadas nas modalidades teatro, maquete, poesia, dança, música, texto e mural. Dourado estima que em novembro deste ano seja feita uma mostra com os trabalhos realizados pelos cerca de 200 alunos participantes. Além de idealizar o Fetran, a PRF também é responsável por todo o suporte técnico dado aos professores e às escolas, desde material de apoio até cursos presenciais e a distância.

Os alunos da escola foram representados pela turma 2ºD, orientada pela professora Rosimari Osório. Luisa, sete anos, e Elisa, oito, acharam o projeto muito legal e já estão ansiosas para começar. Quando questionadas se vão repassar os conhecimentos aos familiares e vão colocá-los em prática, elas responderam sem demora: "sim". Nas próximas edições, estima-se que o Fetran seja expandido para outras escolas da cidade.

Estiveram presentes na cerimônia de assinatura do termo de adesão a prefeita Paula Mascarenhas (PSDB), o vice-prefeito Idemar Barz, o presidente da Câmara de Vereadores, Luiz Henrique Viana (PSDB), o secretário de Educação e Desporto, Arthur Correa, e o diretor do Colégio Municipal Pelotense, Arthur Katrein.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados