União

PT decide apoiar pedido de financiamento da Prefeitura de Pelotas com o Fonplata

O aporte de aproximadamente R$ 50 milhões para obras de infraestrutura nos bairros Getúlio Vargas, Pestano e na zona rural do município

11 de Setembro de 2017 - 11h30 Corrigir A + A -

A bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara de Vereadores de Pelotas decidiu apoiar a iniciativa da Prefeitura de realizar um financiamento junto ao Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata) que prevê o aporte de aproximadamente R$ 50 milhões para obras de infraestrutura nos bairros Getúlio Vargas, Pestano e na zona rural do município. Segundo a assessoria de imprensa, uma audiência pública para debater o assunto será realizada pela bancada na próxima quinta-feira (14), a partir das 10h na Câmara.

“Ao contrário do que fez a oposição em Rio Grande, aqui em Pelotas o PT não vai se opor a ação da Prefeitura, mas pretende debater com a comunidade as obras que devem ser feitas com estes recursos”, comenta Luciano Lima, presidente do Diretório Municipal do partido.

O líder da bancada vereador Marcos Ferreira ressalta que a decisão reafirma a postura de oposição responsável mantida pelos petistas na Câmara e acrescenta que pretende solicitar a criação de uma comissão especial para fiscalizar o andamento das obras que deverão ser realizadas. “Jamais iremos nos opor a um projeto que beneficia algumas das áreas mais carentes da cidade e a zona rural, mas vamos fiscalizar de perto a aplicação deste dinheiro pois se trata de um grande investimento pelo qual o município irá pagar depois”, diz.

Para a audiência pública de quarta-feira estão convidados o secretário de Planejamento, Paulo Morales, o secretário de Desenvolvimento Rural, Jair Seidel e o secretário de Finanças, Jairo Dutra. O objetivo do encontro é detalhar os projetos propostos e as condições do município para tomar o empréstimo e pagá-lo.

Informações divulgadas pela Prefeitura nos últimos meses indicam que o empréstimo junto ao Fonplata será dividido em duas partes: R$ 30 milhões para obras de infraestrutura nos bairros Getúlio Vargas e Pestano e outros R$ 20 milhões para a zona rural.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados