Justiça

TRE acata parte do recurso contra Paula e Idemar

Julgamento ocorreu na tarde desta quinta-feira; desembargadores consideraram a "prática de conduta vedada" em dois casos apresentados

09 de Novembro de 2017 - 15h53 Corrigir A + A -
Resultado do julgamento saiu no fim da tarde (Foto: Divulgação - DP)

Resultado do julgamento saiu no fim da tarde (Foto: Divulgação - DP)

Atualizada às 18h57min.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) julgou, no final da tarde desta quinta-feira (9), três recursos apresentados sobre a acusação de abuso de poder político e sobre publicidade institucional relativa à coligação A Mudança Não Pode Parar, envolvendo Paula Mascarenhas e Eduardo Leite (PSDB) e Idemar Barz (PTB). Na decisão, o TRE foi unânime em acatar parcialmente o recurso e aplicar a multa de R$10.641,00 para Paula, Idemar e Eduardo. Os outros dois recursos foram considerados intempestivos pelos magistrados.

Em primeira instância, a juíza Fabiana Fiori Hallal julgou improcedente o pedido, realizado pelas coligações Frente Pelotas Pode, Pelotas Merece Mudança e Um Governaço pelo Povo.

O advogado da acusação e das coligações, Marcelo Gayardi, garantiu que ingressará com recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedindo o aumento da pena e a reconsideração da intempestividade.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados