Espírito natalino

"Vontade de fazer o bem"

Mostra de Guirlandas de Natal do Banco Madre Tereza de Calcutá ocorre a partir do próximo dia 18, no Casarão 1 da Praça Coronel Pedro Osório

13 de Novembro de 2017 - 20h23 Corrigir A + A -
Adriana Fernandes e Fabiana Moglia, organizadoras da mostra, com a guirlanda-símbolo da exposição (Foto: Jô Folha - DP)

Adriana Fernandes e Fabiana Moglia, organizadoras da mostra, com a guirlanda-símbolo da exposição (Foto: Jô Folha - DP)

Vida, amor, laços da sociedade, cinco bancos que ajudam pessoas necessitadas… Essas palavras representam parte do simbolismo que a guirlanda-símbolo da mostra Guirlandas de Natal - A Noite das Bem-Aventuranças. O projeto chega à sua oitava edição, trazendo frutos ao banco Madre Tereza de Calcutá.

Mantendo a crescente quantitativa a cada ano, a edição de 2017 possui 131 guirlandas, todas feitas por artistas que ofereceram seus trabalhos aplicando diversas técnicas e estilos diferentes. Todas as unidades já foram vendidas para famílias e empresas, no valor de R$ 600,00 a unidade.

A idealizadora do projeto, Adriana Fernandes, conta que os valores adquiridos já superaram os R$ 75 mil angariados na edição passada, verba que segundo ela serve para garantir pelo menos 6 meses de funcionamento dos cinco braços do Banco Madre Tereza de Calcutá, ajudando principalmente no fornecimento de cestas básicas para mais de 1,200 famílias carentes cadastradas. E não são só pelotenses que ajudam. Adriana conta que empresas do país inteiro adquiriram guirlandas, em cidades como Bagé, Porto Alegre e até São Paulo.

A edição atual ocorrerá no Casarão 1 da Praça Coronel Pedro Osório. Serão 65 painéis distribuídos pelos seus três andares com todas as 131 guirlandas em exibição. Para a abertura no dia 17 a orquestra estudantil do Areal, composta principalmente por crianças carentes, fará uma apresentação.

Eduardo Horta é um dos três responsáveis pela curadoria e montagem da exposição. Ele conta que tudo é devidamente estudado, conforme o espaço do local onde ocorrerá. Os painéis são montados de acordo com o modelo, cor, tamanho e outras variáveis de cada guirlanda. Quanto ao espaço atual, ele derrete-se ao falar do casarão. "É um espaço fantástico para a exposição", diz o curador.

Ideia
Adriana conta que tudo surgiu a partir da vontade de fazer o bem. Nora da presidente do Banco Madre Tereza de Calcutá, ela diz que sentia instintivamente a necessidade de ajudar, e que por ser apaixonada pelo natal e por suas decorações, viu na guirlanda o simbolismo necessário para pôr em prática essa vontade. "Ela nos dá as boas vindas e anuncia o grande dia que está chegando", pontua.

Banco Madre Tereza de Calcutá
As cinco bolas de árvores de natal presentes na guirlanda-símbolo também ajudam a representar as cinco frentes onde o Banco Madre Tereza de Calcutá atua: Alimentos, roupas, remédios, leite e empregos. Além dos valores arrecadados pela exposição, as doações feitas pela sociedade ajudam a manter o banco em funcionamento.

Serviço:
O Quê? 8ª Mostra de Guirlandas de Natal - Noite das Bem-Aventuranças

Quando? Abertura dia 17 de novembro, às 20h; Exposição de 18 a 30 de novembro, das 14 às 20h

Onde? Casarão 1 - Praça Coronel Pedro Osório

Valores? Abertura R$ 50,00 e Exposição R$ 10,00

Convites antecipados para a abertura podem ser adquiridos na loja 5 Marias


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados