Evento

Ações empreendedoras para fomentar mercados

Programa Líder - Liderança para o Desenvolvimento Regional começou ontem em Bagé com mais de 230 participantes

14 de Novembro de 2017 - 16h00 Corrigir A + A -

Por: Maria da Graça Marques
graca@diariopopular.com.br 

Preliminar. Mentores e gestores estiveram com o superintendente Derly Fialho pela manhã do dia 13 (Foto: Gleider Ayres - Especial - DP).

Preliminar. Mentores e gestores estiveram com o superintendente Derly Fialho pela manhã do dia 13 (Foto: Gleider Ayres - Especial - DP).

Com mais de 230 participantes, representantes de 46 municípios das regiões da Campanha, Fronteira Oeste e Sul do Rio Grande do Sul participaram na segunda-feira (13) em Bagé do primeiro dia do encontro do Programa Líder - Liderança para o Desenvolvimento Regional, realizado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) gaúcho. Nesta terça (14) a programação continua, com a apresentação de projetos-pilotos elencados pelos setores público e privado, beneficiando principalmente o terceiro setor. O Programa Líder, implementado em 2015, é uma ferramenta que estimula gestores a atuarem de forma conjunta e empreendedora.

A programação de segunda começou com reunião do diretor-superintendente do Sebrae gaúcho, Derly Fialho, com mentores e gestores do Líder, para a criação de comitês estratégico e científico, com participantes de cada uma das três regiões, dentro de uma proposta de governança que dará continuação às práticas para os dois primeiros setores trabalhados: das cadeias do vinho e do turismo - a primeira construída a partir de visitas à região italiana da Lombardia e a segunda, do potencial constatado em pesquisa do Instituto de Pesquisa de Mercado (IPM) da Universidade do Vale dos Sinos (Unisinos).

Vindo de Brasília para o encontro, o gerente nacional de Políticas Públicas do Sebrae, Bruno Quick, enalteceu o potencial das três regiões. “Como é rica a região de vocês”, exclamou Quick, completando: “Precisamos de movimentos ainda maiores para resolvermos os problemas que a sociedade exige”. Segundo o gerente nacional do Sebrae, o Programa Líder pode fazer isso, com a convergência de interesses das iniciativas pública e privada.

Em andamento
- Projeto para cinco anos, o do vinho da campanha gaúcha aliado ao turismo na região, denominado de eno-turismo, junta a cadeia agroalimentar à de serviços, com foco no potencial de mercado.

- O objetivo é construir produtos turísticos em apoio à produção de vinhos.

- Até dezembro de 2018, com a presença em eventos para aprimorar a produção de vinho, deve ser preparada a consolidação para 2022.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados