Músicas foram compostas  há cinco anos e atualmente. (Foto: Divulgação) (Foto: Divulgação - DP)

Músicas foram compostas há cinco anos e atualmente. (Foto: Divulgação) (Foto: Divulgação - DP)

Ouça

Laura, ela mesma

Casarão 6 será palco da estreia de ex&etc, primeiro trabalho autoral de Laura Bastos

14 de Dezembro de 2016 - 10h45 0 comentário(s) Corrigir A + A -
Músicas foram compostas  há cinco anos e atualmente. (Foto: Divulgação) (Foto: Divulgação - DP)

Músicas foram compostas há cinco anos e atualmente. (Foto: Divulgação) (Foto: Divulgação - DP)

Rosto, modo de falar e sorriso de menina, música de quem sabe onde quer chegar. Com esta receita a rio-grandina radicada em Pelotas Laura Bastos, 21 anos, se desfaz do cover noturno e lança o EP totalmente ex&etc nesta quarta-feira, às 19h, no Casarão 6.

O trabalho, primeiro totalmente próprio - apenas No amor, que o encerra, não é de sua autoria, mas trata-se da primeira gravação -, é formado por canções compostas entre a adolescência e a maturidade de uma estudante universitária. Há nestas, primeiramente concebidas, ela diz, uma pitada de amadorismo temático, algo que foi sendo trabalhado junto ao tempo. “Tem muita diferença entre elas, na letra principalmente. As mais antigas falam mais de dor de cotovelo, olhem pra mim como é importante a minha vida pessoal. Não é como se isso não importasse, mas as outras têm temáticas mais abrangentes, são coisas que eu quero que as pessoas pensem sobre”, comenta.

Femi, a quarta faixa, é um bom exemplo. Nela, os imbróglios amorosos dão espaço ao corte de faca na misoginia. Impunes e covardes sem nenhuma marca, desfilando por aí o seu poder de poder tudo o que quiser e ainda um pouco mais, brada Laura nos versos. É o oposto de Vivaz, que abre o EP falando sobre duas mulheres agora separadas após um relacionamento. Na batalha final o bem vencerá, mas o mal voltará a batalhar dizendo deixa estar como está, diz a letra.

Laura teve antes de ex&etc duas bandas covers: Laura Bastos & os Fulanos e Social Mashup. Com o EP, abandonou de vez o trabalho com canções de outras pessoas e quinta-feira será a primeira vez em que tocará suas músicas em frente ao público. Quer dizer, a primeira vez em que as pessoas de fato saberão se tratar de composições dela. “Isso vai ser o mais diferente, assistir à reação do público quando escutar meus sons”, comenta.

Desafio da união
A produção e o arranjamento do EP ficaram a cargo de Vini Albernaz, multi-instrumentista da banda Musa Híbrida e também produtor do disco Leve embora, de Thiago Ramil, indicado ao Grammy Latino do atual ano. Apesar das influências opostas, o orgulho não apenas pelo resultado, mas principalmente pelo processo é mútuo.

Apesar de ex&etc ter o tom de Laura, é visível a assinatura do produtor e mora aí o desafio da dosagem de personalidade. “Gosto da sonoridade em que chegamos por ser muito acessível. Sintetizador, linhas de baixo simples. Sempre tentei deixar muito aberto para que ela dissesse se realmente estava gostando de algo. Assim como eu também falei, não foi algo feito sem senso crítico”, diz Albernaz.

O quê: Lançamento do EP ex&etc, de Laura Bastos.

Quando: Quinta-feira, às 19h.

Onde: Casarão 6.
Entrada franca


Comentários


  • Não há comentários, seja o primeiro a comentar!


Diário Popular - Todos os direitos reservados