Apresentações ocorrem em diversos locais da cidade, com 
destaque para a Orquestra Unisinos Anchieta (abaixo) na noite de abertura. (Foto: Divulgação - DP)

Apresentações ocorrem em diversos locais da cidade, com destaque para a Orquestra Unisinos Anchieta (abaixo) na noite de abertura. (Foto: Divulgação - DP)

Para o público

Os concertos estão chegando a Pelotas

7º Festival Internacional Sesc de Música ocorre de 16 a 17 de janeiro

28 de Dezembro de 2016 - 11h15 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Apresentações ocorrem em diversos locais da cidade, com 
destaque para a Orquestra Unisinos Anchieta (abaixo) na noite de abertura. (Foto: Divulgação - DP)

Apresentações ocorrem em diversos locais da cidade, com destaque para a Orquestra Unisinos Anchieta (abaixo) na noite de abertura. (Foto: Divulgação - DP)

Pelotas respirará música de concerto por 12 dias com a programação do 7º Festival Internacional Sesc de Música. Marcado para ocorrer no período de 16 a 27 de janeiro, o evento contará com 47 espetáculos, entre recitais e concertos, e 23 cursos de música, com participantes de 16 nacionalidades, reunindo mais de 450 profissionais, em casarões antigos, teatros, igrejas, ruas e parques da cidade. A programação será intensa e as apresentações gratuitas. Mais informações sobre o evento podem ser obtidas no site www.sesc-rs.com.br/festival.

O concerto de abertura ocorre sob o comando da Orquestra Unisinos Anchieta, que se apresentará no Theatro Guarany com participação da banda Quarchêto e do solista Luciano Maia. Além disso, dia 21 de janeiro, a praia do Laranjal recebe o espetáculo Clássicos do jazz, com a Orquestra de Câmara do Festival e a solista Debora Neto. O encerramento do Festival, dia 27 de janeiro, no largo do Mercado Central, será com a Orquestra Acadêmica do Festival e os solistas Eiko Senda, Flávio Leite e Frederico Sanguinetti, que trazem no repertório a obra Carmina Burana.

Outro destaque são os recitais de professores, que ocorrem na Bibliotheca Pública Pelotense e trazem grandes nomes de diversos países, como Brasil, Argentina, Áustria, Japão, Uruguai, Alemanha, Rússia, Itália, Bulgária, Eslovênia, França e Estados Unidos. O Festival tem como objetivo incentivar o desenvolvimento da produção musical, fomentar o intercâmbio e o desfrute de bens culturais.

As classes que reunirão cerca de 270 alunos de várias nacionalidades são: Violino, Viola, Violoncelo, Contrabaixo, Flauta, Oboé e Corne Inglês, Clarinete, Fagote, Trompa, Trompete, Trombone Tenor, Trombone Baixo, Tuba, Saxofone, Eufônio, Harpa, Percussão, Violão Clássico, Canto Lírico, Piano, Composição, Prática de Orquestra e de Banda Sinfônica. O Festival conta com apoio institucional da prefeitura de Pelotas, das universidades Federal e Católica, da Faculdade Senac, da Unisinos, da Ospa, da Bibliotheca Pública Pelotense, da Expresso Embaixador, da EcoSul, de Refrigerante Biri e do Café 35.

Ingressos
Para conferir as apresentações que ocorrem no Theatro Guarany é necessária a retirada de ingressos, antecipadamente. Sugere-se a doação de um quilo de alimento não perecível - os alimentos serão direcionados às entidades sociais cadastradas junto ao Programa Mesa Brasil Sesc. As entradas são limitadas e cada pessoa poderá retirar um par de ingressos por apresentação, conforme cronograma: dias 11, 12, 13, 14, 16 e 17/1 - retirada de ingressos para espetáculos de 16 e 17/1; dias 16, 17, 18, 19, 20 e 23/1 - retirada de ingressos para espetáculos de 18, 19, 22 e 23/1; dias 23, 24, 25 e 26/1 - retirada de ingressos para espetáculos de 24, 25 e 26/1. Os ingressos serão distribuídos no Sesc Pelotas, na rua Gonçalves Chaves, 914, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e sábado, das 8h às 12h.


Comentários


  • Não há comentários, seja o primeiro a comentar!


Diário Popular - Todos os direitos reservados