Briga

Discussão termina com menino de dois anos atingido por tiro de arma de fogo

De acordo com o depoimento da mãe da vítima à Polícia Civil, uma desavença entre ela e a atual companheira de seu ex-cônjuge, durante a festa, teria desencadeado o disparo

08 de Janeiro de 2017 - 17h43 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Uma festa no loteamento Getúlio Vargas, em Pelotas, terminou em tragédia. O pequeno  - de apenas dois anos de vida - teve o rosto atingido de raspão por um tiro de arma de fogo. O menino estava com a mãe, J.N.L., 28, quando ela e outra mulher brigaram, na madrugada do domingo (8). O alvo do disparo teria sido a mãe do menino.

De acordo com o depoimento da mãe da vítima à Polícia Civil, uma desavença entre ela e a atual companheira de seu ex-cônjuge, durante a festa, teria desencadeado o disparo. J.N.L., no entanto, não forneceu informações à Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA) que tornassem possível identificar a autora do crime. Conforme o boletim de ocorrência, o disparo raspou a face direita da criança e penetrou em seu ombro direito. O menino se encontra atualmente internado no Pronto-Socorro de Pelotas (PSP). Não foi informado seu estado de saúde.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados