Arte

Nos traços da cidade

A intenção do projeto é valorizar um patrimônio que passa despercebido no cotidiano

12 de Janeiro de 2017 - 08h30 Corrigir A + A -
Painéis foram adesivados com desenhos de símbolos locais (Foto: Paulo Rossi - DP)

Painéis foram adesivados com desenhos de símbolos locais (Foto: Paulo Rossi - DP)

 Em vídeo, artista sobrepõe as ilustrações com os originais (Foto: Paulo Rossi - DP)

Em vídeo, artista sobrepõe as ilustrações com os originais (Foto: Paulo Rossi - DP)

Um vasto registro de prédios históricos, todos ao redor da praça Coronel Pedro Osório, faz parte da nova coleção de Leandro Selister. O fotógrafo e designer apresenta uma série de desenhos que revela seu olhar sobre Pelotas, lugar que possui um imenso carinho. As obras no formato de adesivos estão reunidas na exposição Leve a minha cidade, com visitação até o dia 31 deste mês no Mercado Central.

Natural de Vacaria, Leandro cresceu em Pelotas, onde permaneceu até os 18 anos. Atualmente mora em Porto Alegre e costuma voltar ao Sul para visitar a família e os amigos de longa data. Com essa forte ligação, ele decidiu homenagear o município através de postais e pôsteres.

A intenção do projeto, segundo o criador, é valorizar um patrimônio que passa despercebido no cotidiano. “É olhar para algo que todo mundo olha e parece que não enxerga”, comenta. Desta forma, o artista visual intercala o patrimônio restaurado com aquele que precisa de cuidados urgentes. “Cada prédio desses é cultura, é a nossa história. Tem muita memória que está sendo destruída”, acredita. Em sua opinião, falta interesse do Poder Público para restaurar, por exemplo, o Theatro Sete de Abril, o antigo Banco do Brasil e o Clube Caixeiral.

RECONHECIMENTO
A primeira coleção desenvolvida por Selister, na verdade, foi dedicada aos prédios históricos da capital gaúcha, cujo lançamento ocorreu em outubro do ano passado. Por ela, venceu o 6º Prêmio Bornancini de Design, na categoria de design gráfico-ilustração. A certificação do trabalho o levou a homenagear mais cidades.

Como parte da mostra de Pelotas, Selister irá lançar um vídeo em que compara seus desenhos com os prédios reais, evidenciando o quanto estão preservados (ou não). O audiovisual deve ser embalado por uma canção autoral e oferecerá destaque para o trio de palavras “Perceba, Proteja e Preserve”, pilares de seu projeto.

CARREGAR CONSIGO
Patrocinada pelo Sesc, a mostra Leve a minha cidade - Coleção Pelotas configura como a primeira atividade da sétima edição do Festival Internacional Sesc de Música na cidade. Tanto os postais R$ 5,00) quanto os pôsteres (R$ 60,00) estão à venda na loja Doces Lembranças, no próprio Mercado Central, e também no Casarão 8. Todos são adesiváveis. 

Ao término do período expositivo, os painéis adesivados serão doados ao Museu do Doce. Enquanto isso, Selister já planeja suas futuras coleções. As próximas já estão definidas: Rio de Janeiro e São Paulo.

O QUÊ
exposição Leve a minha cidade - Coleção Pelotas, de Leandro Selister

QUANDO
até o dia 31 deste mês, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h

ONDE
Mercado Central

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados