Evento

Festa da Melancia movimenta Pedro Osório

Maior produtor da região, município sedia no final de semana a 16ª Expofesta da Melancia

17 de Fevereiro de 2017 - 12h40 0 comentário(s) Corrigir A + A -
Cultivo da fruta gera cerca de 300 empregos diretos  (Foto: Paulo Rossi - DP)

Cultivo da fruta gera cerca de 300 empregos diretos (Foto: Paulo Rossi - DP)

Neste final de semana Pedro Osório estará em festa. A 16ª Expofesta da Melancia e 7ª Feira Regional da Agricultura Familiar deve atrair 30 mil pessoas ao Parque do Sindicato Rural do município, que poderão degustar a fruta, além de conferir shows e exposições nos dias 18 e 19.

A abertura do parque nos dois dias será às 9h, a entrada custa R$ 10,00 e a meia R$ 5,00, informou o prefeito Moacir Otílio Alves (PMDB). Os visitantes encontrarão artesanato, produtos da agricultura familiar e gastronomia. Entre as atrações estão shows com artistas locais, parque de diversões, etapa do Campeonato de Veloterra - que deve contar com 150 competidores - além do show nacional de Serginho Moah, na noite de sábado. “São programas para toda família”, afirmou o prefeito. Ele ainda destacou que durante o evento serão distribuídas fatias de melancia, que nessa safra foi favorecida pelo tempo e está mais saborosa.

Pedro Osório é a maior produtora de melancia da região e a 11ª no Estado, com 305 hectares plantados, gerando 300 empregos diretos. Devem ser colhidas nesta safra 9,15 mil toneladas da fruta entre os seis produtores do município, segundo informações da Emater. Além da produtividade dentro do esperado, o engenheiro agrônomo Evair Ehlert, da Emater, acrescenta ainda que as melancias da região são sempre mais doces, um diferencial, devido ao tipo de solo e clima, com mais horas de exposição à luz solar.

A fruta padrão de mercado tem entre dez quilos e 14 quilos, mas pode variar de cinco quilos até 24 quilos. As melancias levam em média 90 dias para se desenvolver, e a colheita que se inicia sempre no fim de dezembro estende-se por 60 dias.

Os maiores consumidores do que é produzido na Zona Sul, além do Rio Grande do Sul, são Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Brasília. As capitais são as mais interessadas nas frutas do município, informou a Agropecuária Marine, maior produtora de Pedro Osório. Essa preferência é devido à qualidade das frutas, que muitas vezes vão direto para os outros estados, onde a venda é garantida. A produtividade também é comemorada pela Agropecuária, chegando a 30 toneladas por hectare.

Na região
São 1.314 hectares cultivados, 148 produtores e expectativa de colher 24.980 toneladas

Cidade                                Hectares            Toneladas                   Produtores
Pedro Osório                        305                     9.150                              6
Arroio Grande                      400                     8.000                              8
Amaral Ferrador                  300                     3.900                              50
Rio Grande                            60                      900                                14
Herval                                   30                       900                                  2
Canguçu                              150                       750                                  4
Pelotas                                  40                        600                                30
Santana da Boa Vista             8                         250                                  3
Santa Vitória do Palmar         8                        240                                 20
Capão do Leão                     10                        200                                   3
Chuí                                       3                          90                                   8


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados