Série A2

Mal atrás, bem na frente

Lobo faz mau primeiro tempo em São Leopoldo, vê Aimoré fazer 3 a 1 e após intervalo demonstra poder de reação e chega ao empate - 3 a 3

15 de Março de 2017 - 19h18 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Fábio Rosa (de costas) faz a marcação sobre o adversário na partida da noite desta quarta-feira contra o Aimoré em São Leopoldo; Lobo busca o empate após estar perdendo por 3 a 1 (Foto: Diego da Rosa) (Foto: Jô Folha - DP)

Fábio Rosa (de costas) faz a marcação sobre o adversário na partida da noite desta quarta-feira contra o Aimoré em São Leopoldo; Lobo busca o empate após estar perdendo por 3 a 1 (Foto: Diego da Rosa) (Foto: Jô Folha - DP)

Outra vez um primeiro tempo desastroso e um segundo tempo superior ao adversário.

No final, o Pelotas conquistou um empate em 3 a 3 com o Aimoré, jogando no Cristo Rei, na noite desta quarta-feira (15), pela terceira rodada da Série A2 do Gauchão. O Lobo, que terminou a etapa inicial perdendo de 3 a 1, foi superior na etapa complementar e buscou o empate. O próximo compromisso do áureo-cerúleo será domingo, às 16h, na Boca do Lobo, contra o Guarany de Bagé. Com quatro pontos, e um jogo a menos, é o terceiro colocado do Grupo A.

O jogo
Pelotas saiu atrás logo aos seis minutos. Na roubada de bola no meio de campo, o Aimoré fez boa troca de passes e Tiago Corrêa bateu na saída de Rafael Dal Ri. Aos 22, quando o Índio Capilé era melhor, Vinícius Martins fez jogada individual e foi derrubado na área. Pênalti convertido por Douglas Mineiro. No lance seguinte, Brasão quase virou. No cruzamento da esquerda, o centroavante bateu com força e o goleiro do Aimoré fez grande defesa.

Porém, quem aproveitou foi Brandão. Na falha da defesa do Lobo, o atacante desviou cruzamento de Marco Antônio: 2 a 1. Depois, em uma sequência de erros defensivos, surgiu Rafael Dal Ri, que precisou salvar o Lobo do terceiro, após cabeçada de Brandão. O que não conseguiu aos 33 minutos. Diogo, livre na grande área, também de cabeça encobriu o arqueiro do Lobo e ampliou.

Mudanças
Antes do intervalo, Rospide tirou Dante e colocou Charles. Aos 25 anos o volante estreava como profissional. Outra mudança que fez efeito foi a entrada da Uélison Santana na vaga de Fábio Rosa. O meia, aos 24 minutos, apareceu bem na área e com categoria encobriu Nicolas, descontando o placar.

O Lobo cresceu na partida e passou a pressionar o Aimoré. De tanto insistir, aos 35, Giovane, que entrou na vaga de Brasão, subiu livre após escanteio e botou no fundo da rede para empatar o jogo. Darlem por pouco não virou ao finalizar forte e Nicolas fazer grande defesa.

Ficha técnica

Aimoré 3x3 Pelotas

Aimoré - Nicolas; Nenê, André, Renato e Faísca; Tiago Corrêa, Elton , Diogo (Janderson) e Digaô; Brandão e Marco Antônio (Maxuell). Técnico: Claiton dos Santos. 

Pelotas - Rafael; Claiton, Gasparetto, Dante (Charles) e Darlem; Arílson, Fábio Rosa (Uélison Santana) e Nikolas; Douglas Mineiro,  Brasão (Giovane) e Vinícius Martins. Técnico: Marcelo Rospide. 

Arbitragem: Antônio Barreto, auxiliado por Diego Hemmig e Gibran Teixeira.

Local - estádio Cristo Rei, em São Leopoldo

 


Comentários


  • Não há comentários, seja o primeiro a comentar!


Diário Popular - Todos os direitos reservados