Cultivo

Estado espera ampliar em 35% plantio de oliveiras

Expectativa é de que a produção de azeite possa chegar aos 60 mil litros no Rio Grande do Sul em 2017

17 de Março de 2017 - 16h40 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Por: Vinícius Peraça
redacao@diariopopular.com.br 

Secretário estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação esteve no Diário Popular na tarde desta sexta-feira (Foto: Paulo Rossi - DP)

Secretário estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação esteve no Diário Popular na tarde desta sexta-feira (Foto: Paulo Rossi - DP)

O Rio Grande do Sul espera aumentar a área com cultivo de azeitonas nos próximos anos e alcançar pelo menos 3 mil hectares de oliveiras até o final de 2018. A projeção é do secretário estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação.

Em visita a Pelotas nesta sexta (17), antes de visitar propriedades rurais e seguir para a região da Campanha, Ernani Polo (PP) afirmou que o cenário para quem pretende investir na produção de azeite é bastante favorável, sobretudo no sul do RS.

"Há uma tendência de crescimento no consumo de azeite, especialmente porque o Estado está industrializando um produto de ótima qualidade e conquistando mercado", disse o secretário em visita ao Diário Popular.

Atualmente são produzidos cerca de 60 mil litros de azeite por ano nos 2,2 mil hectares de oliveiras plantados. Grande parte deles em propriedades que integram esta cultura a outras atividades, como a criação de ovinos.

Capacitação deve aumentar a produtividade no campo
Além de buscar o crescimento da olivicultura, um dos pontos de atenção ressaltados pelo secretário é a melhoria no manejo do solo. Segundo Polo, o cuidado correto com o local de plantio muitas vezes pode fazer com que a produtividade praticamente dobre.

"Não basta apenas investir em equipamentos, boas sementes e defensivos de qualidade. Estamos buscando a capacitação dos pequenos agricultores para que aprimorem o uso do solo e a conservação da água."

 


Comentários


  • Não há comentários, seja o primeiro a comentar!


Diário Popular - Todos os direitos reservados