Mobilização

Comitiva irá à Assembleia pedir pela duplicação da BR-116 Sul

Audiência pública está marcada para às 14h de segunda-feira (20)

19 de Março de 2017 - 06h30 0 comentário(s) Corrigir A + A -

A Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul), prefeituras, câmaras municipais, entidades civis, universidades, conselhos e imprensa de municípios da Zona Sul e Centro Sul irão promover uma grande mobilização na próxima segunda-feira (20) para pedir pela continuidade das obras de duplicação da BR-116 Sul. Uma audiência pública organizada pela Presidência do Legislativo e Frente Parlamentar em Defesa da Duplicação está marcada para às 14h, na Assembleia.

O pleito da região é pela liberação de R$ 200 milhões para a rodovia ainda este ano, por meio de remanejamentos orçamentários. Com isso, será possível concluir 120 quilômetros de duplicação no trecho Guaíba-Pelotas. Até o momento, o orçamento da União para 2017 prevê o aporte de apenas R$ 59 milhões.
 
“A duplicação da BR 116 é a grande pauta regional. Precisamos unir forças para sermos enfáticos com essa demanda e atingirmos uma conquista coletiva para a Zona Sul”, afirmou a prefeita de Pelotas Paula Mascarenhas (PSDB), uma das lideranças à frente da mobilização.
 
A COMITIVA
Três ônibus cedidos pela empresa Expresso Embaixador sairão da frente da sede da Câmara de Pelotas às 7h30min de segunda, e seguirão até o Sítio Floresta, às margens da BR-116. Lá, o grupo se encontrará com as caravanas de Rio Grande e Jaguarão e partirá para Porto Alegre, escoltado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). No percurso, se juntarão ônibus com representantes de Turuçu e Camaquã. O comboio chegará na capital no início da tarde.
 
PROGRAMAÇÃO
7h30min - Saída de três ônibus da frente da Câmara de Pelotas
8h - Chegada ao bairro Sítio Floresta, às margens da BR-116. Do local, o grupo se encontrará com as comitivas de Jaguarão e Rio Grande.
9h (previsão) - Chegada a Turuçu.
10h30min (previsão) - Chegada a Camaquã.
13h (previsão) - Chegada a Porto Alegre.
14h - Reunião com a bancada gaúcha no Congresso, na Assembleia Legislativa.


Comentários


  • Não há comentários, seja o primeiro a comentar!


Diário Popular - Todos os direitos reservados