Futebol

Um Lobo com troca tática?

Pelotas joga contra o Guarany de Bagé neste domingo, às 16h, na Boca do Lobo

19 de Março de 2017 - 09h31 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Uélison pode ganhar chance como titular (Foto: Jô Folha - DP)

Uélison pode ganhar chance como titular (Foto: Jô Folha - DP)

Até sexta-feira o técnico Marcelo Rospide não havia definido a equipe que irá enfrentar o Guarany de Bagé neste domingo (19), às 16h, na Boca do Lobo, pela quarta rodada da Série A2 do Gauchão. Mesmo assim, o comandante áureo-cerúleo não descartou realizar mudanças. O motivo é que nas duas partidas até agora - a segunda rodada contra o Guarani-VA foi adiada - o Pelotas entrou no jogo somente na segunda etapa. Quando Rospide precisou realizar mudanças na equipe.

"A gente tem que aguardar a apresentação dos atletas - sexta-feira - e ver com quem vou poder contar. Alguns atletas saíram com certo desconforto. Temos que pensar. É uma situação que não quero cravar. Preciso ter uma conversa interna com o grupo. São coisas que nós temos que analisar. Toda a mudança exige mudança de comportamento e de sistema", falou o técnico Marcelo Rospide.

O diagnóstico do técnico do Lobo para o começo ruim contra o Aimoré é que faltou pressionar a saída de bola, houve erro na circulação da mesma e tomada de decisões equivocadas. Isso fez o Aimoré crescer e o Pelotas manteve uma postura muito passiva. As correções com as entradas de Charles e Uélison Santana devolveram ao áureo-cerúleo o controle do meio-campo. "É natural, início de competição. Claro que a gente vive com a pressão. Não tivemos muitos amistosos para nos dar o parâmetro. Mas isso nos dá a certeza de que temos alternativas para mudanças", analisou.

Uélison é quem tem mais chance de iniciar a partida como titular. Ele dá maior volume no meio de campo e divide com Vinícius Martins a responsabilidade da criação. O meia pode atuar na ponta direita, caso Rospide mantenha o 3-4-3. A outra alternativa é trocar para o 4-3-3, tendo dois volantes - Arílson, Charles e Fábio Rosa brigam por duas vagas - e Uélison à frente deles na armação. O sistema defensivo ficaria com uma linha de quatro atrás.

ADVERSÁRIO
O adversário é o lanterna do grupo. Quem observa apenas isso imagina que o Pelotas não terá dificuldade. Porém, mesmo conquistando apenas um ponto em três partidas, o Guarany de Bagé, treinado por Geverton Duarte, tem feito bons jogos. A segunda derrota, frente ao Inter-SM, ocorreu depois dos 42 minutos do segundo tempo. Até lá o alvirrubro vencia por 1 a 0. A virada ocorreu com um pênalti duvidoso para os anfitriões. Na última partida, contra o Avenida, a equipe de Geverton conseguiu um empate. Porém, teve uma atuação superior ao Periquito. "A preparação está boa. Fizemos três bons jogos, mas perdemos dois e empatamos contra o Avenida. Estamos pegando ritmo na competição. Observamos alguns pontos e erros que estavam ocorrendo e o grupo assimilou bem. Fizemos um jogo muito bom na quarta", avaliou o comandante.

O Guarany atua no 4-4-2 tradicional. O meio-campo é comandado por Michelzinho e Botelho que tentam servir Alemão e Guerra. Quem se destacou na última partida foi Edgar Alemão.

FICHA TÉCNICA
Pelotas
Rafael Dal Ri
Darlem
Cleiton
Gasparetto
Nicolas
Charles
Arílson
Uélison
Douglas Oliveira
Douglas Mineiro
Vinícius Martins
Técnico: Marcelo Rospide

Guarany de Bagé
Anderson
Rodrigo Vareta
Lucas Brunelo
Xandy
Cristian
Jean Lemos
Renan Guerra
Wellington Oliveira
Edgar Alemão
Juninho Botelho
Michelzinho
Técnico: Geverton Duarte

Árbitro: Tiago Staduto
Horário: às 16h
Local: Boca do Lobo


Comentários


  • Não há comentários, seja o primeiro a comentar!


Diário Popular - Todos os direitos reservados