Incentivo

Secult lança edital para intercâmbio cultural

Edital prevê ajuda de custo para expandir a cultura local para outras cidades e estados

16 de Abril de 2017 - 09h11 0 comentário(s) Corrigir A + A -
A iniciativa disponibilizará até R$ 10 mil por projeto (Foto: Marcel Ávila - Especial DP)

A iniciativa disponibilizará até R$ 10 mil por projeto (Foto: Marcel Ávila - Especial DP)

A Secretaria de Cultura (Secult) lançou edital para intercâmbio cultural, que prevê ajuda de custo para que trabalhadores da cultura residentes em Pelotas – atores, músicos, técnicos, produtores, gestores, empreendedores criativos, mestres e estudiosos dos saberes e fazeres – participem de atividades culturais em outras localidades, para valorizar a produção artística pelotense, e abrir a possibilidade de novos campos de atuação, capacitação profissional, formação de público e geração de postos de trabalho e renda.

O secretário de Cultura, Giorgio Ronna, avalia que “esse edital vem para suprir uma demanda crescente de nossa comunidade cultural. Acreditamos que é extremamente enriquecedor para nossos artistas experimentar novas geografias através do diálogo cultural, assim como motivo de orgulho para nossa cidade em ter suas expressões itinerando por outras cidades e estados”.   

O projeto disponibilizará até R$ 10 mil para os projetos, como apresentações artísticas ou participação em eventos culturais, palestras, cursos e oficinas. As inscrições para o processo seletivo serão recebidas até 14 de maio, pelo mail inscricoes.secult@gmail.com, para que sejam realizados no terceiro trimestre de 2017 – 1º de julho a 30 de setembro. As propostas devem ser encaminhadas de forma individual ou coletiva. Individual: solicitação de concessão de ajuda de custo para um único trabalhador da cultura, sendo este o proponente; coletivo: solicitação para um grupo de trabalhadores da cultura, e a proposta deve ser assinada por um deles.

As propostas serão avaliadas por duas comissões – de triagem e de seleção. A primeira receberá as inscrições, fará a validação de documentos, readequação orçamentária, quando for o caso, e a habilitação dos concorrentes. A segunda ficará responsável pelo julgamento das propostas, de acordo com os critérios estabelecidos pelo edital. O edital completo pode ser conferido aqui.


Comentários


  • Não há comentários, seja o primeiro a comentar!


Diário Popular - Todos os direitos reservados