Mercado de trabalho

Pelotas empregou mais em abril

Foram 1.782 admissões e 1.711 desligamentos - salto positivo de 71 empregos formais

17 de Maio de 2017 - 19h46 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Imagem de arquivo mostra atendimento a candidatos a emprego na agência do Sine, em Pelotas; município teve saldo positivo de 71 empregos formais na relação admissão e demissão em abril  (Foto: Infocenter DP)

Imagem de arquivo mostra atendimento a candidatos a emprego na agência do Sine, em Pelotas; município teve saldo positivo de 71 empregos formais na relação admissão e demissão em abril (Foto: Infocenter DP)

Pelotas registrou no mês de abril 1.782 admissões e 1.711 desligamentos, o que resultou em um saldo positivo de 71 empregos formais celetistas, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho (MTb). Os números foram apresentados pelo Observatório Social do Trabalho, órgão vinculado ao Instituto de Filosofia, Sociologia e Política da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). A taxa de variação em relação ao mês anterior foi de 0,11%, melhor do que a de abril de 2016, quando o saldo foi negativo, em menos 73 vínculos.

Em Rio Grande ocorreram 1.234 admissões e 1.168 desligamentos, saldo positivo de 66 vínculos formais e taxa de variação de 0,16% em relação a março. Da mesma forma, o desempenho melhorou se comparado a abril do ano passado, quando o saldo foi negativo - 15 vínculos formais de emprego.

Mesmo com os números positivos em abril, o cenário macro ainda é ruim. O desempenho negativo nos últimos 12 meses é observado no conjunto do país e no Rio Grande do Sul. No Brasil foram registrados 969.896 empregos formais perdidos, o que corresponde a uma taxa de variação de -2,47%. No Rio Grande do Sul foram 44.445 empregos formais celetistas perdidos - uma taxa de -1,71%.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados