Estilo
Crônica

Doce de amor e de chocolate

14 de Abril de 2017 - 06h00 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Por: Laila Palazzo -  lailapalazzo@gmail.com

Muito mais do que coelho e ovos de chocolate. O sentido da Páscoa e o convite que esse período nos faz vão além da mesa farta com vinho, peixe e bacalhau. Independentemente de crença ou religião, a reflexão proposta pela Igreja Católica é atual e necessária a cada um de nós, que estamos imersos em uma vida repleta de violência, corrupção e desamor.

Somos chamados a fazer jejum e creio que esse não é um pedido literal. Muito mais do que abandonar o Big Mac e a Coca-Cola por 40 dias ou não comer carne na Sexta-feira Santa, precisamos deixar de alimentar as nossas críticas excessivas contra os outros, a nossa intolerância às diferenças e a incapacidade tão grande que temos de olhar o próximo e agir com respeito.

Orai e vigiai. Precisamos silenciar a nossa mente, que a cada segundo é bombardeada de informações destrutivas que nos fazem sentir que o Brasil é mesmo um lugar ruim para se viver e, pouco a pouco, matam a nossa esperança. Necessitamos aquietar os nossos corações, olhar a nossa cruz e deixar morrer aquilo que não faz bem nem a nós, nem aos outros.

Reunir a família, os amigos, partilhar sorrisos sinceros, abraços verdadeiros. Segurar a onda na hora de apontar o dedo e falar mal do outro, de ser indiferente com problemas que aparentemente não são nossos. Deixar o individualismo de lado e começar a olhar o todo. Quer demonstração de amor maior do que essa?

Amai-vos uns aos outros, nos ensinou Jesus. Parece que faltamos essa aula, esquecemos a lição, mas precisamos retomar o que aprendemos. Amor é o que nos falta. Amor a nós mesmos. Amor aos conhecidos, aos desconhecidos. Amor à vida. Fazer a nossa parte, ainda que pequena, mas com a consciência de que somos responsáveis pelo sistema em que vivemos. Que nesse embalo siga a Páscoa e todos os nossos dias: doce de afeto e com uns bons pedaços de chocolate.

Comentários Comente

REDES SOCIAIS

Diário Popular - Todos os direitos reservados